Cadastramento da Lei Aldir Blanc

Começa amanhã!
A cidade de São Paulo inicia amanhã, quarta, 30/09, o cadastramento para a Lei Emergencial Aldir Blanc, de auxílio a territórios e espaços culturais e artísticos que tiveram suas atividades interrompidas pelas regras de isolamento social decorrentes da pandemia do novo coronavírus.
Territórios e espaços culturais poderão se inscrever para o auxílio, que será de R$ 3 mil a R$ 10 mil mensais, em três parcelas pagas de uma única vez. Além disso, serão lançados editais de premiação entre R$ 5 mil e R$ 150 mil, com diferentes módulos de apoio à reestruturação do setor cultural.
O cadastramento acontecerá até o dia 11/10.
Informações no site da Secretaria Municipal de Cultura: cultura.prefeitura.sp.gov.br

Conheça a Agenda 2030

Do site da Organização das Nações Unidas

Preâmbulo

Esta Agenda é um plano de ação para as pessoas, para o planeta e para a prosperidade. Ela também busca fortalecer a paz universal com mais liberdade. Reconhecemos que a erradicação da pobreza em todas as suas formas e dimensões, incluindo a pobreza extrema, é o maior desafio global e um requisito indispensável para o desenvolvimento sustentável.

Todos os países e todas as partes interessadas, atuando em parceria colaborativa, implementarão este plano. Estamos decididos a libertar a raça humana da tirania da pobreza e da penúria e a curar e proteger o nosso planeta. Estamos determinados a tomar as medidas ousadas e transformadoras que são urgentemente necessárias para direcionar o mundo para um caminho sustentável e resiliente. Ao embarcarmos nesta jornada coletiva, comprometemo-nos que ninguém seja deixado para trás.

Os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e 169 metas que estamos anunciando hoje demonstram a escala e a ambição desta nova Agenda universal. Eles se constroem sobre o legado dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio e concluirão o que estes não conseguiram alcançar. Eles buscam concretizar os direitos humanos de todos e alcançar a igualdade de gênero e o empoderamento das mulheres e meninas. Eles são integrados e indivisíveis, e equilibram as três dimensões do desenvolvimento sustentável: a econômica, a social e a ambiental.

Para saber mais, acesse: https://nacoesunidas.org/pos2015/agenda2030/