Oi, eu sou Sistema Único de Saúde!

View this post on Instagram

DEFENDA O SUS ✊🏿❤️💛 Oi eu sou o SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE o SUS Estou presente constantemente na sua vida… Você se lembra quando tomou vacinas no posto de saúde? Se acidentou e precisou do SAMU? Qdo um familiar adquiriu uma doença com necessidade de usar uma medicação muito cara… Ah você sabia tbm… que todos os profissionais de saúde que já te atenderam foram treinados em estágios – em sua maioria dentro do SUS?! Viu só??? Então agora que me apresentei… Preciso te conhecer melhor; Para que eu possa te ajudar. Mas… para isso eu preciso que você se apresente para mim – preenchendo esse formulário do sistema único de saúde – o SUS… leva apenas alguns minutinhos e assim podemos ter uma grande parceria juntos. Posso contar com você?! ✏️ equipe ✊🏿💛 Você sabe para que serve o cadastro no SUS? O cadastro é importante porque ajuda no planejamento dos serviços de saúde, no dimensionamento dos recursos e auxilia no acompanhamento das pessoas sob responsabilidade das equipes de saúde. Manter todos os dados atualizados, incluindo o endereço e telefones, é fundamental, pois facilita a localização e a busca ativa do cidadão na hora de avisar sobre exames e consultas, calendário de vacinas ou mesmo na hora de identificar alguma possível doença transmissível. Faça o seu cadastro! O link está na bio! Dúvidas: cadastrosuscentral@gmail.com 🎥 @mpaula.andrade 📝 Ramíla Moura Vídeo @lipeduq #sus #defendaosus #saude #sus #defendaosus

A post shared by Jornalista, Mãe, Apresentadora (@mpaula.andrade) on

Agora tem atendimento psicológico à população negra e indígena da PUC-SP.

A Clínica Psicológica Ana Maria Poppovic, em parceria com a Pró-Reitoria de Cultura e Relações Comunitárias (ProCRC), apresenta seu novo serviço: atendimento psicológico à população negra e indígena da PUC-SP.

A finalidade é promover escuta atenta, qualificada, sensível e letrada para o sofrimento psíquico produzido por preconceito, discriminação e racismo que estruturalmente tem se solidificado na sociedade brasileira. Haverá atividades de triagem com acolhimento e grupos terapêuticos.

Saiba mais no #JPUC: bit.ly/3hqW2wW.

Pesquisadora baiana estuda impactos da Covid-19 na população negra


Estudo teve abrangência no Brasil e EUA

“Para a população negra, a pandemia da Covid-19 atualiza os problemas do passado, cujo centro é o racismo em suas diferentes dimensões”. É desta forma que a pesquisadora baiana da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), Edna Araújo, junto ao seu grupo de pesquisa, alerta à população para os impactos relacionados ao coronavírus enfrentados pelas pessoas negras. O estudo se tornou um artigo a ser publicado no Brasil e também nos EUA, em parceria com a professora Kia Lilly Caldwell, da Universidade da Carolina do Norte, em Chapel Hill, para descrever a experiência de ambos os países em relação aos dados de mortalidade de acordo com a raça, cor e etnia.

Leia em: http://www.fapesb.ba.gov.br/pesquisadora-baiana-estuda-impactos-da-covid-19-na-populacao-negra/

Chamada do Fundo Baobá

Seguem abertas, até o dia 12 de outubro, as inscrições da chamada do Fundo Baobá para Equidade Racial, para artigos que subsidiem a filantropia para justiça social, com foco na promoção da equidade racial, considerando os impactos da pandemia da covid-19 para a população negra.

Podem participar especialistas, mestres e doutores com produção acadêmica nas áreas priorizadas pelo Fundo Baobá, como: educação, saúde; população quilombola; juventude negra; racismo religioso; violência de gênero, além de ciência e tecnologia; desenvolvimento econômico; comunicação, arte e memória, violência contra a população LGBTQI+ e violência racial.

Para maiores informações, acesse: https://editais.baoba.org.br/chamada-artigos

Cadastramento da Lei Aldir Blanc

Começa amanhã!
A cidade de São Paulo inicia amanhã, quarta, 30/09, o cadastramento para a Lei Emergencial Aldir Blanc, de auxílio a territórios e espaços culturais e artísticos que tiveram suas atividades interrompidas pelas regras de isolamento social decorrentes da pandemia do novo coronavírus.
Territórios e espaços culturais poderão se inscrever para o auxílio, que será de R$ 3 mil a R$ 10 mil mensais, em três parcelas pagas de uma única vez. Além disso, serão lançados editais de premiação entre R$ 5 mil e R$ 150 mil, com diferentes módulos de apoio à reestruturação do setor cultural.
O cadastramento acontecerá até o dia 11/10.
Informações no site da Secretaria Municipal de Cultura: cultura.prefeitura.sp.gov.br