Lideranças negras: atenção!

São Paulo, Salvador e Rio de Janeiro?

O Programa Prosseguir tem como finalidade evidenciar futuras lideranças negras que estão nas universidades públicas e privadas, por meio de estratégias de fortalecimento e permanência acadêmica até a conclusão exitosa da graduação, além de estabelecer diálogos e pontes com o mercado de trabalho.

São 60 bolsas de estudos para universitários negros nas regiões metropolitanas de São Paulo, Salvador e Rio de Janeiro, no valor de R$600,00. Além da bolsa, o estudante participará de programa de fortalecimento de liderança e preparação para o mercado de trabalho, além de diálogos sobre equidade racial no trabalho e curso de inglês. As atividades da terceira edição do Programa Prosseguir ocorrerão entre os meses de fevereiro e dezembro de 2021.

O programa focaliza não só a transformação da vida dos participantes, como também sinaliza para a sociedade a importância de políticas públicas e institucionais de equidade racial e diversidade.

As inscrições estão abertas até 06/12/2020 e podem ser realizadas no site https://prosseguir3e.ceert.org.br/

Coalizão Negra por Direitos

#Repost @coalizaonegrapordireitos • • • • • •

Movimento Negro Unificado, Geledes, Criola, Conaq, Cedempa, Renafro, Uneafro Brasil, Marcha e Rede de Mulheres Negras de São Paulo, Alagoas, Pernambuco, Pará e outras mais de 150 organizações que compõem a Coalizão Negra por Direitos, emitem Nota de sobre o Comitê Externo de Diversidade e Inclusão e as estratégias de defesa do Carrefour Brasil, frente ao assassinato brutal de Beto Freitas, em Porto Alegre. 👉🏿 Leia a nota na íntegra: https://bit.ly/3muOYBS

Contribua!

Junte-se ao MOVIMENTO MASSA, PROPOSTA COLETIVA, COLETIVO EDUCAÇÃO e ASSOCIAÇÃO DOS GEÓGRAFOS BRASILEIROS (AGB-ABC) e assine esse Abaixo Assinado em Apoio aos Servidores Públicos de Santo André!

Na semana seguinte às eleições, Paulo Serra evidenciou total descaso aos servidores apresentando à Camara dos Vereadores, o PL 39/20 que prevê o aumento da contribuição, inclusive de aposentados, de 11% para 14% sem o mínimo debate com o sindicato, ou com os próprios servidores.

Segundo análise do DIESSE não há deficit na Previdência da cidade, o que não justifica o aumento da alíquota.

Se você apoia essa luta dos Servidores Públicos de Santo André, assine esse abaixo assinado que será protocolado na Câmara nos Vereadores.

Haverá manifestação na Câmara às 12h e às 15h. Compareça!
https://forms.gle/D1fFQqehga16iwBQ6