Em debate: a masculinidade negra.

foto 01

A convite do Núcleo Gestor de Caso do CAPS Redenção, no dia 25/09/2019 o Psicanalista, educador e redutor de danos João Américo, esteve no Hospital da Cantareira – que é uma instituição especializada para tratamento de dependência química para facilitar uma roda de discussão pós assistir ao documentário “o silêncio dos homens” o debate versou sobre a masculinidade negra e a intercessão entre machismo, uso abusivo e conflituoso de drogas. João Américo é facilitador do grupo de homens Medra – universos masculinos e também da Aliança Pró-Saúde da população negra, nesse contexto a Aliança se afina com debate sobre a masculinidade como forma geral (incluindo aqui a “masculinidade tóxica”) tem sido um tema amplamente discutido nas últimas décadas, tendo grande crescimento nos últimos dois anos, tendo maior expressividade no último ano.

 

Publicado por Aliança Pró-Saúde da População Negra

A Aliança Pró-Saúde da População Negra desde 2018 vem se organizando para o enfrentamento do racismo, mobilizando lideranças de diferentes coletivos negros e organizações, estudantes, pesquisadores, profissionais de saúde e afins, atenta à necessidade de políticas efetivas em atenção à saúde da população negra, no país, no Estado e no município de São Paulo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: