Página Inicial

Sejam bem-vindos/bem-vindas!

A Aliança Pró-Saúde da População Negra é uma rede multi e intersetorial, formada por um conjunto de coletivos e pessoas físicas, com atuação contra o racismo em diferentes áreas, orientada por valores africanos e afro-brasileiros, tal como estão expressos em sua logomarca: a junção entre o sagrado pássaro Sankofa e o Baobá, árvore símbolo da ancestralidade.

Confira as “Novidades” no Blog da Aliança!

Dia Nacional de Mobilização Pró-Saúde da População Negra: Dia 27 de Outubro está chegando. A partir do Manifesto em Atenção à Saúde da População Negra no Brasil, publicado em Abril de 2022, queremos ampliar a nossa mobilização em defesa do SUS, com especial atenção para a promoção da equidade enquanto resposta ao racismo e seu impacto na saúde da população negra brasileira. Espera-se por uma intensa mobilização pelo país, em meio ao cenário político, com a realização de diferentes ações sincronizadas e diversificadas, sob condução de diferentes organizações, redes e movimentos para o diálogo entre a sociedade civil, intelectuais, gestores e profissionais de saúde, diante da necessária promoção da equidade.

Projeto Juventude e Cultura Periférica: O CEMJ, em parceria com a UNEGRO e a Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo,  lançaram recentemente o projeto “Juventude e Cultura Periférica: Trabalho e Cidadania”.

Novidade: Iniciamos o mês de Setembro intensificando o debate sobre saúde da população negra no Brasil. A Aliança passou a colaborar com o Portal Áfricas, publicando conteúdos relacionados ao tema, para ampliar o debate, de forma a alcançar a todas as pessoas e instituições com atuação na área ou interesse no tema.

Questões Climáticas e Saúde da População Negra: Dando continuidade às atividades para Mobilização Pró-Saúde da População Negra, o XI Encontro da Rede Pró-Saúde da População Negra recebeu a Professora Angela Brito para dialogar sobre as “Questões climáticas e o impacto do racismo na saúde da população negra”.  O XI Encontro da Rede Pró-Saúde da População Negra foi gravado e pode ser acessado em duas partes; na primeira, contextualizamos o tema, analisando o processo histórico. E na segunda parte do encontro, pudemos dialogar sobre as implicações a ele relacionadas, a partir de uma análise global.

Raça e racismo na experiência de pessoas vivendo com Aids: A Aliança recebeu na primeira semana de Setembro, o Prof. Dr. Lucas Pereira de Melo, da USP Ribeirão Preto, e ativista da Rede Nacional de Pessoas Vivendo com HIV/AIDS durante o XII Encontro da Rede Pró-Saúde. 

Conheça o site da Rede Nacional de Religiões Afro-Brasileiras e Saúde.

Nesse momento, a Aliança está realizando o mapeamento dos articuladores e articuladoras em saúde da população negra. Queremos publicar uma agenda de contatos formada por pessoas e organizações que atuam nessa área tão  densa, logo, gostaríamos de solicitar o apoio dos senhores e senhoras ao mapeamento, preenchendo e divulgando o formulário disponível aqui

Parceria entre Aliança e o ETNS busca mapear boas práticas em resposta ao racismo, com especial atenção para a saúde da população negra em âmbito comunitário. A proposta de mapeamento foi apresentada publicamente durante o XXIV Fórum de Saúde da População Negra do Município de São Paulo, que aconteceu dia 01 de agosto, no canal oficial da Aliança Pró-Saúde da População Negra no Youtube. Leia aqui

Convidamos aos senhores e senhoras a enviarem o relato de suas atividades, notícias e as demais informações que julgarem pertinentes, para que sejam publicadas quinzenalmente (dias 01 e 15 de cada mês), no blog da Aliança.

A Política Nacional de Atenção à Saúde Integral da População Negra foi implantada pelo Ministério da Saúde em maio de 2009, pela Portaria 992. No entanto, é preciso mobilização, participação e controle social, tal como o compromisso do Estado brasileiro, em busca da efetividade da política nos Estados e municípios, pois, a condução das ações é de responsabilidade das três instâncias de governo. No mês de abril, lideranças de movimentos sociais, povo de santo, intelectuais, gestores e profissionais de saúde se reuniram, em busca de equidade no SUS. Leia, compartilhe e assine aqui o Manifesto em atenção à saúde da população negra no Brasil e contribua, ampliando esse movimento junto aos seus contatos e redes políticas!

Onisegun

“na gestão do Terreiro há cerimônias e oferendas para os diferentes momentos da vida, com diferentes ritualísticas que variam de tradição para tradição, de família a família, no que se destaca o conjunto de ritos de passagem – leia-se diferentes fases da vida – sempre alimentadas pelas especificidades de cada indivíduo, mas que demanda espírito coletivo e o ambiente saudável”.

Celso Ricardo Monteiro – Àse Igbin de Ouro.

Faça Parte da Aliança você também!

Seja bem-vindo/bem-vinda entre os/as associados/associadas!!

 

acesso aliancaprospn anemiafalciforme candomble controlesocial covid-19 desenvolvimento desigualdade determinantessociais direitos direitoshumanos discriminação equidade equidade; humanidades integralidade intolerânciareligiosa juventudes mobilizacaopopular mobilizaçãopopular mulheresnegras negritude notícias novidades participacaopopular politica politicas politicasdesaude politicaspublicas producaocientifica racismo raça resenha saudecoletiva saudedamulhernegra saudedapopulacaonegra saudeintegral saudepopulacaonegra saudepopulacaonegra racismo saudecoletiva saudepublica SUS terreiros universalidade vacina violacaodedireitos

%d blogueiros gostam disto: